Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens de Setembro, 2019

O corpo, a mente e a flexibilidade

A flexibilidade do corpo pode aumentar a flexibilidade da mente e ao contrário. Um corpo flexível é como um elástico,
ele molda-se ao ambiente. Quando é preciso, ele estica entre forças opostas e encolhe quando as mesmas se aproximam. Se a mente quiser, o corpo alonga mais, torce mais, flecte mais... E se o corpo quiser ou deixar, a mente também pode flexionar mais. A flexibilidade liga, a flexibilidade sustenta, a flexibilidade não parte, a flexibilidade aguenta. Mas a flexibilidade é um elástico e o elástico para se manter elástico, no sentido literal da palavra, precisa de outras fibras, menos elásticas e mais fortes. Imagina um elástico no seu máximo e/ou demasiadas vezes lá perto... Se és mulher, é provável que já tenhas passado pela seguinte experiência: sabes aqueles jeans elásticos que te assentavam na perfeição, sobressaindo as linhas curvas do teu corpo? Um dia, no milésimo de segundo antes de saíres de casa, a correr para o trabalho, esperando ver a imagem de sempre, aquele desenho…

O peso do Corpo e o peso da Alma

O peso não se vê, o peso sente-se. O que vemos no outro é o que o seu peso o faz sentir. E o que ele sente é o dueto que o Corpo faz com a Alma. Quando a Alma tem espaço para irradiar luz, o corpo fica leve, o corpo funciona, o corpo regenera. Quando a Alma é esquecida, escondida, encolhida, desnutrida… ela fica presa na carne e no sangue. Fica com a mesma sensação que o Corpo tem quando depois de uma corrida à chuva tem de secar a roupa do corpo numa sombra fria de um arbusto junto ao rio. A Alma presa adoece o Corpo. E o Corpo preso adoece a Alma. O Corpo fica preso com o peso excessivo que carrega, emperrado com a ausência de movimento, amarrado com a rigidez mental, dolorido com a falta de cuidado… Quando o Corpo fica preso, a dor alerta-nos e mostra-nos que estamos presos. E ainda bem que temos dor, pois se não fosse ela, não nos aperceberíamos dos excessos que estamos a carregar ou das carências que não estamos a nutrir. O Corpo precisa de alimentos verdadeiros, o Corpo precisa…