quarta-feira, 18 de março de 2015

Para além da nutrição... a adolescência, o corpo e a comida

Certo dia, há mais de um ano atrás, entra uma menina no meu consultório que me faz reviver alguns sentimentos meus quando tinha precisamente a idade dela. Hoje em dia, continua a vir à consulta, sempre que pode.
Sempre que pode, porque para isso precisa de fazer uma viagem longa, muito longa. Sim. Mas não irei falar sobre ela e antes de uma parte que ressoou em mim.
A adolescência é vivida de forma completamente distinta de pessoa para pessoa e a intensidade, essa... pode ser amena ou verdadeiramente abrupta. E todas estas formas estão certas, pois foram as necessárias para sermos o que somos hoje. É o que acredito.

terça-feira, 3 de março de 2015