quinta-feira, 18 de abril de 2013

Testes mostram o que estava escondido em 30 alimentos

A SÁBADO teve acesso às últimas análises feitas pela ASAE, por um laboratório independente e pela Deco. Carapau carregado de vermes, carne com milhões de bactérias, cherne que afinal é outro peixe. Há muito mais a ir parar ao seu prato além de carne de cavalo.

"A controvérsia sobre a carne de cavalo encontrada em pratos de vaca, por toda a Europa, esconde um panorama de produtos contaminados ou que não correspondem ao que é anunciado. Esta quarta-feira, a DECO confirmou a presença de vestígios de medicamentos proibidos em vários alimentos.
Na carne de cavalo foram detectados anti-inflamatórios, o que pode representar um risco para a saúde pública, uma vez que a utilização desses medicamentos em animais destinados em consumo humano é ilegal."  
No ano passado, a Autoridade de Segurança Alimentar e Económica fiscalizou 1.092 operadores que processam e vendem carne em Portugal. Detectou 368 infracções, que podem ir de irregularidades na embalagem ou na rotulagem à falta de condições de higiene e à presença de bactérias. Estas acções originaram 234 processos de contra-ordenação e 29 processos-crime."

Revista Sábado, Março de 2013

Por Isabel Lacerda

Sem comentários:

Enviar um comentário