Avançar para o conteúdo principal

Substituir o açúcar por adoçante pode ser uma solução para a obesidade?

Substituir o açúcar por adoçante não é solução... isso já muitos de nós sabemos e uma parte coloca em prática este conhecimento, mas e os produtos ditos "dietéticos" ou light? E os iogurtes ou gelatinas sem açúcar, tão famosas e recomendadas para emagrecer???
Cuidado... o excesso de adoçante pode tornar-se amargo!

Em baixo encontra o link de um artigo deste ano - 2015 - sobre o efeito da utilização de adoçantes artificiais no tratamento da obesidade infantil: http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/25828597

Outros efeitos dos adoçantes artificiais...
Um entre muitos outros estudos sobre o tema, publicado no American Journal of Clinical Nutrition, relaciona o uso de adoçantes artificiais com o risco de cancro "Consumption of artificial sweetener - and sugar - containing soda and risk of lymphoma and leukemia in men and women": http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/23097267

Há que fazer escolhas conscientes!

Comentários

  1. Eu sei que o doce é um vício, mas será que a stevia se encontra no rol desses adoçantes?

    Obrigada,
    Ana

    ResponderEliminar
  2. O problema da stevia é que cada vez mais há marcas que a têm usado numa forma muito refinada, que acaba por ser igualmente prejudicial! O poder edulcorante é imenso. Mas se for pura e biológica, usada moderadamente na elaboração de sobremesas saudável é uma boa alternativa!

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Food Matters (legendado)

"Se pensa que pode ir ao médico e tomar um comprimido para tudo, está profundamente errado."
"Há cada vez mais pessoas a recorrer a alternativas, porque o que se tem feito até agora não funciona."
"Descubra o que realmente funciona!"
"É uma opção. Você não tem de ficar doente."

A alma, o corpo e tu.

Quando tu consegues tomar consciência que tu não és tu - não a um nível intelectual - porque esse está muito acessível e só não o desenvolve quem não quer ou não se interessa... mas a um nível mais profundo... Tu deixas de querer ser tu, leia-se os outros: aqueles que têm o teu sangue, aqueles que te "educaram", aqueles que de uma forma ou de outra te marcaram e guiaram o teu caminho, as tuas escolhas, conscientes ou não, os teus hábitos, os teus vícios... e que te trouxeram ao que tu és agora.
De que vale a pena caminhares na rua com os sapatos mais lindos da loja, se te apertam o dedo mindinho ou se escorregas dentro deles, quando os paralelos da rua não são assim tão paralelos, têm altos e baixos, são irregulares e imprevisíveis. E tu, o teu corpo e a tua mente estão nesse jogo, no jogo do medo de não cair no buraco da estrada que te impede de desfrutar do caminho?
Os "sapatos" que tu calças permitem-te voar? São tão leves que a tua Alma pode calçar, sem sentir…

O meu pai e o Pai Nosso

O dia do Pai é todos os dias, sendo que em Portugal, é celebrado hoje, dia de São José, o pai de Jesus.
É natural que hoje nos venha à memória muitos momentos que guardamos desde pequeninos do nosso pai, uns bons, outros menos bons, uns alegres, outros tristes... cada um de nós terá as suas histórias.
Mas por detrás de todos esses momentos, por mais dolorosos ou causadores de feridas tão profundas no interior de uma criança tão pura, que muitas vezes levaram mais de vinte anos a tornarem-se passíveis de ser saradas, nós sempre soubemos que existiu algo por trás de tudo isso, algo intangível. Não cresceu nem diminuiu.
Nasceu simplesmente quando viemos ao mundo, através deste pai: o amor incondicional.
E só por isso, consigo compreender o que nos ensinaram um dia "que o senhor é o meu pastor e nada me faltará".