Avançar para o conteúdo principal

2 OUTUBRO - Dia Mundial dos Animais de Criação Intensiva

2 de Outubro, também data de nascimento de um vegetariano muito famoso, Mahatma Gandhi (1869 - 1948), é um dia dedicado à recordação do sofrimento e morte de cerca de 50 biliões de vacas, porcos, perus, galinhas e outros animais nos matadouros e quintas de produção animal em todo o mundo. Iniciativa lançada em 1983 pela FARM, uma organização sem fins lucrativos, com sede em Washington, EUA. 
No ciclo natural, as vacas dão à luz na Primavera, quando a erva está alta, e produzem leite durante vários meses, até ao fim do Verão. A erva primaveril é uma fonte particularmente rica em ómega 3, daí que esses ácidos gordos essenciais estejam concentrados no leite e seus derivados - manteiga, natas, iogurte e queijo - das vacas criadas em pastos

A partir dos anos 50, a procura de lácteos e carne de vaca aumentou tanto que os criadores tiveram de arranjar "atalhos" no ciclo natural da produção de leite e de reduzir a área de pasto. Assim os campos foram abandonados e substituídos pela pecuária industrial.
O milho, a soja e o trigo, que se tornaram a alimentação principal do gado, praticamente não contém ácidos gordos ómega 3. Pelo contrário são fontes ricas em ómega 6. Os ómega 6 ajudam a armazenar gordura e promovem a robustez das células, bem como a coagulação e a inflamação em resposta às agressões exteriores. Estimulam a produção de células gordas desde o nascimento.

O equilíbrio fisiológico ómega 3 : ómega 6 alterou-se completamente nos últimos 50 anos e isto trouxe naturalmente muitas consequências à saúde humana atual.

Esta é apenas uma parte da problemática da produção intensiva de animais - a nutricional.

Por outro lado, há as questões...
das condições em que são criados os animais, chegam a "cohabitar" 100.000 indivíduos (sem se conseguirem mexer) em condições artificiais de temperatura, ventilação e iluminação, para obterem o máximo aumento de peso. 

As rações estão carregadas de medicametos para prevenir as doenças associadas ao rápido crescimento. As vacinas, hormonas, antibióticos e outros medicamentos permitem manter os animais com vida até que alcacem condições ótimas.

Bem, é melhor não continuar... por hoje basta!!!






Comentários

Mensagens populares deste blogue

Food Matters (legendado)

"Se pensa que pode ir ao médico e tomar um comprimido para tudo, está profundamente errado."
"Há cada vez mais pessoas a recorrer a alternativas, porque o que se tem feito até agora não funciona."
"Descubra o que realmente funciona!"
"É uma opção. Você não tem de ficar doente."

Compulsão alimentar diz-lhe alguma coisa?

Se não está satisfeito com o seu Peso e/ou o seu Comportamento Alimentar, este artigo interessa-lhe!
Leia a minha reflexão sobre esta temática, que vai muito além do pecado capital da vida moderna - a Gula. Pode de facto ser uma problema com consequências muito negativas para a sua saúde.
Disponível já nas bancas na revista Saber Comer Com Saúde da ZEN energy!

A alma, o corpo e tu.

Quando tu consegues tomar consciência que tu não és tu - não a um nível intelectual - porque esse está muito acessível e só não o desenvolve quem não quer ou não se interessa... mas a um nível mais profundo... Tu deixas de querer ser tu, leia-se os outros: aqueles que têm o teu sangue, aqueles que te "educaram", aqueles que de uma forma ou de outra te marcaram e guiaram o teu caminho, as tuas escolhas, conscientes ou não, os teus hábitos, os teus vícios... e que te trouxeram ao que tu és agora.
De que vale a pena caminhares na rua com os sapatos mais lindos da loja, se te apertam o dedo mindinho ou se escorregas dentro deles, quando os paralelos da rua não são assim tão paralelos, têm altos e baixos, são irregulares e imprevisíveis. E tu, o teu corpo e a tua mente estão nesse jogo, no jogo do medo de não cair no buraco da estrada que te impede de desfrutar do caminho?
Os "sapatos" que tu calças permitem-te voar? São tão leves que a tua Alma pode calçar, sem sentir…